Tuesday, September 28, 2010

Virgin America Safety Video

ATROCIDADES!!! Barretos - Rodeio grotesco: boicotem!




RODEIO DE BARRETOS: O QUE A TV NÃO MOSTRA!
Estas fotos mostram que o rodeio é uma atividade realmente grotesca e criminosa. Estes animais sofrem contusões, fraturas, ferimentos, paralisia ou até mesmo a morte. A crueldade aos animais está liberada no rodeio de Barretos. E tudo com o consentimento do poder público. É como se estivéssemos nos tempos do Império Romano e a política do ?pão e circo?.
Enquanto os artistas e esportistas brasileiros não têm patrocínio, empresas como a Brahma gastam fortunas para patrocinar esta grosseria.
Estes peões são jovens sem perspectivas de futuro que arriscam também suas vidas em troca prêmios. Muitos peões já morreram! Esta é uma das facetas do nosso sistema capitalista. Os rodeios também lembram as grotescos e terríveis cenas na arena do anfiteatro romano, onde gladiadores lutavam até a exaustão contra outros gladiadores ou contra feras terríveis.

Boicotem as empresas que patrocinam rodeios. Diga não aos rodeios. Temos que mostrar que apesar de nossos governantes e destas empresas malucas, somos um povo civilizado.
(www.midiaindependente.org)

ASSINEM O ABAIXO ASSINADO e façam sua parte!
http://www.abaixoassinado.org/assinaturas/assinar/7064
(se o link não funcionar, copiem e colem)

Saturday, September 4, 2010

Give all to love


Give all to love;

Obey thy heart;

Friends, kindred, days,

Estate, good fame,

Plans, credit, and the muse;

Nothing refuse.

'Tis a brave master,

Let it have scope,

Follow it utterly,

Hope beyond hope;

High and more high,

It dives into noon,

With wing unspent,

Untold intent;

But 'tis a god,

Knows its own path,

And the outlets of the sky.

'Tis not for the mean,

It requireth courage stout,

Souls above doubt,

Valor unbending;

Such 'twill reward,

They shall return

More than they were,

And ever ascending.

Leave all for love;—

Yet, hear me, yet,

One word more thy heart behoved,

One pulse more of firm endeavor,

Keep thee to-day,

To-morrow, for ever,

Free as an Arab

Of thy beloved.

Cling with life to the maid;

But when the surprise,

Vague shadow of surmise,

Flits across her bosom young

Of a joy apart from thee,

Free be she, fancy-free,

Do not thou detain a hem,

Nor the palest rose she flung

From her summer diadem.

Though thou loved her as thyself,

As a self of purer clay,

Tho' her parting dims the day,

Stealing grace from all alive,

Heartily know,

When half-gods go,

The gods arrive



from: Emerson, Ralph Waldo. Early Poems of Ralph Waldo Emerson.

iluustration by Manami Lingerfelt